Blog

Início

Blog

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

5 principais cuidados dos médicos dentro do marketing

5 principais cuidados dos médicos dentro-do marketing Agencia 3GRAUS

Conheça o que é certo e errado na divulgação profissional dos médicos

          Não é novidade para ninguém que quem deseja ser reconhecido, precisa estar presente nos meios de comunicação, e principalmente nas redes sociais. Parece uma coisa simples mas, quando pensamos na área da saúde, é necessário ficar atento à algumas regras voltadas a propagandas dos serviços oferecidos por médicos e clínicas.

          As regras não pretendem restringir o trabalho, mas sim garantir a integridade dos profissionais e dos pacientes, possibilitando que as divulgações aconteçam de forma adequada, direta e responsável. A verdade é que a internet aumentou as possibilidades de relacionamento entre médicos e pacientes, facilitando principalmente diálogos com maior rapidez. Dessa forma, para muitas pessoas, as redes sociais tornaram-se ferramentas de trabalho indispensáveis.

Se você é um médico, precisa ter em mente que na maioria dos casos, os futuros pacientes fazem a busca por referências para consultas de forma digital. Por isso é importante manter os canais sempre atualizados com conteúdos que transmitam credibilidade. Então, se pudéssemos te dar um conselho, seria: invista em sua rede social! Conquiste seus pacientes, mostrando que você é um profissional de referência no mercado e que tem atenção com o que publica.

Como utilizar as redes sociais de forma responsável nestes casos?

Tendo em vista tudo isso, nós separamos cinco cuidados para você, médico, que deseja potencializar a divulgação do seu trabalho com o marketing. Todas elas são previstas no Código de Ética dos Conselho Federal de Medicina (CFM):

1. Não divulgue conteúdos profissionais de forma sensacionalista, promocional ou conteúdo inverídico.

Se você estiver com dúvidas do que produzir, procure sempre se basear em fontes confiáveis para seus materiais. Parece simples, mas é necessário, além de conferir a fonte, escrever de uma maneira correta, com o compromisso de evitar que o texto fuja da realidade.

2. Não participe de programas que não tenham o objetivo de esclarecer e educar a sociedade.

Receber convites para participar de programas ou entrevistas é muito comum na área médica. Por isso, é importante estar atento ao tipo de abordagem dessas ações, já que o objetivo deve ser sempre trazer conteúdos informativos para a população.

3. Participar de anúncios de empresas comerciais por conta da sua profissão.

Não é recomendado que médicos utilizem de sua profissão para ajudar a vender marcas e produtos. A divulgação de forma inapropriada é proibida pelo Conselho Federal de Medicina.

4. Inclua sempre o registro profissional no Conselho Regional de Medicina (CRM) em seus conteúdos.

É regra que todos os materiais sejam divulgados com o nome completo e registro profissional de cada médico. Além de passar mais credibilidade, isso garante que sejam evitados possíveis transtornos em relação a publicações inapropriadas.

5. Consultar, diagnosticar ou prescrever por qualquer meio de comunicação de massa.

Todo e qualquer tipo de publicidade médica precisa ter como base a ética. O intuito deve ser sempre educar e orientar o público, e nunca prescrever ou fazer diagnósticos fora de uma consulta individual com cada paciente.

Ficou com dúvida em algum assunto? Entre em contato agora mesmo com a Agência 3GRAUS!

Blogs Recentes

WhatsApp

Esse site utiliza Cookies. Ao continuar a navegar no site, você aceita a utilização dos cookies. Saiba mais sobre a Política de privacidade.